Livraria Lello

  • Livraria Lello - João Queirós

  • Livraria Lello - João Queirós

  • Livraria Lello - João Queirós

  • Livraria Lello - João Queirós

A Loja

Visitada, todos os dias, por milhares de visitantes provindos de todo o mundo, o património cultural que é a Livraria Lello, continua a viver em perfeita sintonia com o seu tempo, estando mais viva, mais habitada e mais dinâmica do que nunca.
Uma livraria de encontros entre o Livro e o Leitor teria de transmitir através do seu espaço a essência da literatura, mas também a essência da cidade onde cresceu – o Porto. Tendo já vivido muito através de exposições, teatro, música, escultura e literatura, a Livraria Lello procura dar a conhecer, renovando a sua casa, o mesmo esplendor com que deslumbrou em 1906 aquando a sua inauguração. Sendo uma das preocupações da Livraria Lello a criação, exibição e preservação de espólio, que representa um investimento significativo para a Livraria, foi inaugurada a sala Gemma dedicada ao culto dos livros. Nesta sala podem ser encontradas primeiras edições, edições assinadas pelos autores, livros raros e edições atuais de livros de luxo. Inaugurou também um espaço dedicado ao público infantil, um mundo da fantasia de contos fantásticos, onde a fada dos livros vem visitar as crianças para lhes contar histórias.
Hoje, a Livraria Lello, para além de uma das livrarias mais belas do mundo, é um espaço culturalmente enriquecedor, é a casa do encontro de todos os leitores com a cultura e a literatura.

História da Loja

As origens da Livraria Lello remontam a 1881, quando os irmãos José e António Lello abriram, no Porto, um estabelecimento dedicado ao comércio e edição de livros. José Lello, homem de cultura, amante de leitura, dos livros e da música, sonhava tornar-se livreiro, o que se concretizou em 1881. Alguns anos mais tarde, constituiu sociedade com o seu irmão António Lello. No dia 13 de janeiro de 1906 é inaugurado o edifício da Livraria Lello como hoje o conhecemos, moldado pela visão sumptuosa do engenheiro Francisco Xavier Esteves. A inauguração decorre num ambiente repleto de figuras políticas de relevo, vultos artísticos, destacados burgueses e comerciantes da cidade, entre os quais se destaca o escritor Guerra Junqueiro, o diretor de O Comércio, Bento Carqueja, o escritor Júlio Brandão e Aurélio Paz dos Reis, percursor do cinema em Portugal. O crescente fluxo turístico ao longo dos últimos anos na cidade do Porto, e consequentemente, na Livraria Lello, obrigou a uma nova organização da visita ao edifício, com a introdução em 2015 do voucher descontável em livros. No entanto, esta nova organização não afastou a casa da sua verdadeira essência: uma livraria do mundo no Porto, aberta a todos os amantes de literatura.
Em 2016 e 2017, a Livraria Lello assumiu o desafio do intervir no edifício com a premissa de proteger o seu património, renovando o seu interior e restaurando a sua fachada e vitral.

Produtos e Serviços

Importação, exportação, distribuição e comércio a retalho de livros, publicações periódicas e não periódicas, artigos de papelaria, edições fonográficas e videográficas. Comércio a retalho de lembranças, artesanato e merchandising e produtos similares por via de estabelecimento ou via eletrónica. Turismo de exploração de monumentos, de edifícios e outros sítios históricos. Venda de bebidas e pequenas refeições para consumo no próprio local de estabelecimento.

Horário

segunda-feira 09:30 19:00
terça-feira 09:30 19:00
quarta-feira 09:30 19:00
quinta-feira 09:30 19:00
sexta-feira 09:30 19:00
sábado 09:30 19:00
domingo 09:30 19:00

Contactos

Freguesia: União das freguesias de Cedofeita, Santo Ildefonso, Sé, Miragaia, São Nicolau e Vitória
Morada: Rua Carmelitas 144 , 4050-161 Porto
Cód. Postal: 4050-161 Porto
222002037
info@livrarialello.pt
https://www.livrarialello.pt/pt-pt/
https://www.facebook.com/LivrariaLello/
https://www.instagram.com/livraria.lello/
https://twitter.com/LivrariaLello
https://www.youtube.com/channel/UC7qhsbIgPUZ85WL5SWEcIlQ/featured?view_as=subscriber

Dados Gerais

Atividade Principal: Livrarias, tabacarias e papelarias
Ano de Abertura: 1869
CAE Principal: 47610 – Comércio a retalho de livros, em est. especializados